Produção bamboo High Density®

Produção bamboo High Density®

A produção do bamboo High Density® implica o cumprimento de todas as etapas para tornar o material mais duro, resistente e mais durável que quase todas as madeiras. O material é produzido através das tiras de bamboo (fibras), que são comprimidas em vigas ou painéis, que servem de material base para vários produtos. Comparando com o standard bamboo strand woven, o High Density® é de longe mais estável e amigo do ambiente. Explicamos em baixo como produzimos através das canas de bamboo, pavimentos, vigas e painéis, atingindo a mais alta qualidade:  

1. Abatendo o bamboo correcto

As florestas infindáveis nas montanhas do oriente da China estão cobertas de bamboo. As canas de bamboo têm uma data de expiração quando se destinam aos produtos em bamboo MOSO®: idealmente, as canas são abatidas quando têm 5 anos de idade. Canas mais jovens não estão completamente maduras, e as mais velhas começam a ficar cinzentas. O melhor material base, resulta no melhor produto final. A qualidade das canas de bamboo pode parcialmente ser determinado aquando da compra das canas, mas dificilmente é visivel no produto final. A qualidade do material base poder-se-á tornar visivel numa inesperada fase posterior.

2. Fazendo tiras de bamboo através das canas

As canas abatidas são cortadas em tiras. Este processo produtivo é bem mais que simplesmente cortar as canas em tiras. A pele interior e exterior das tiras tem que ser removida, obtendo a melhor superficie para a aderencia das colas. Menor qualidade nas tiras de bamboo siginifica mais desperdício de material, pois é extraido mais matéria para garantir que não resta qualquer pele das canas.. A qualidade das canas de bamboo pode parcialmente ser determinado aquando da compra das canas, mas dificilmente é visivel no produto final. A MOSO® só aceita as tiras de bamboo da mais alta qualidade para os seus produtos.

3. Partindo as tiras para posterior produção do bamboo

As tiras de bamboo são partidas para abrir o material permitindo os processos seguintes. As tiras partidas de bamboo são aglomeradas em lotes de tiras. A qualidade do processo de partir as tiras irá determinar a adesão da impregnação da cola e as consequentes etapas. Melhor processo de partir as fibras requer um manuseamento mais preciso, e consequentemente mais custos.

4. Termo tratamento para alterar a estabilidade e cor.

Os produtos em bamboo estão disponíveis em três cores standard: Caramelo, Tostado e Chocolate. Natural é a cor do material sem qualquer tratamento. Quando as tiras de bamboo são vaporizadas tornam-se castanhas: Caramelo. Com o termo tratamento até 200ºC a cor altera até um castanho escuro: Chocolate. O tratamento altera o material: O açucar, componente do bamboo, é caramelizado, tornando o material mais durável e estável. O tratamento pode ser executado com várias temperaturas por periodos mais longos ou mais curtos. Baixas temperaturas e curtos periodos resulta em custos mais baixos, sendo uma opção preferencial para alguns produtores. A MOSO® sempre se focalizou na durabilidade e estabilidade optima do produto final em bamboo, optando pelo processo mais fidedigno. 

5. Produtos em bamboo contém bamboo e cola

As tiras partidas em bamboo são comprimidas e coladas entre si. A MOSO® quer substituir as resinas químicas por bio-colas, todavia, devido à qualidade final dos produtos MOSO® tal ainda não é possível. Até hoje, as bio-colas não são compatíveis com os altos requerimentos de qualidade que permitem oferecer o melhor produto. Enquanto as bio-colas não podem ser utilizadas, sem prejuizo da qualidade, são utilizadas colas de prestigiadas marcas. Isso assegura também a mais baixa emissão de voláteis.
O tipo e quantidade de cola é muito dificil de aferir quando o produto final está produzido, porém, esse é um ponto chave entre o bamboo High Density® e o Strand woven bamboo. O custo da cola é decisivo no apuramento dos custos de produção. Muitas fábricas fazem a sua própria cola, ou usam colas de fabicantes locais para baixarem os custos, enquanto que a MOSO® apenas escolhe para trabalhar colas de marcas reconhecidas como Dynea. 

6. A compressão do bamboo pode ser feita de várias formas.

Dependendo do tipo de produto, da dimensão, e da cor pretendida, a compressão pode ser feita em sistemas de prensagem a frio ou a quente. Cada tipo de cola, para curar, requer uma determinada temperatura  durante o processo de compressão. Adicionalmente, a forma como as tiras são dispostas nos moldes têm um efeito na estabilidade e no aspecto do produto final. Os controladores de qualidade MOSO® testam o material após esta importante etapa de produção, para assegurar a qualidade do produto final. Sem testes de laboratório dificilmente é possivel aferir estas caracteristicas.

7. Conteúdo de humidade define a estabilidade dos produtos em bamboo 

O bamboo é, como qualquer outro produto natural, afectado pela humidade: expande quando o conteúdo de humidade aumenta e contrai quando o conteúdo diminui. É crucial que o conteúdo de humidade seja controlado em salas de secagem em cada etapa de produção. O conteúdo de humidade no produto final determina significativamente na forma como o bamboo se comporta depois da instalação. Um conteúdo mais alto no produto, normalmente resulta em problemas com a alteração da humidade posterior.

Sendo que o bamboo strand woven ou o High Density são bastante duros e densos, é muito difícil determinar o conteúdo de humidade no produto final. Apenas com o continuo desenvolvimento de produto nos ultimos 10 anos, a MOSO® consegue definir o método para controlar o conteúdo de humidade em cada produto final. Para assegurar a alta qualidade dos produtos em bamboo na sua aplicação final, os inspectores de qualidade MOSO® fazem o registo do conteúdo de humidade durante e depois da produção de cada lote produzido.

Produto final High Density® bamboo

A ultima etapa na produção de High Density® bamboo é a perfilagem final do material. Um material tão duro e denso como o High Density® exige muito das ferramentas utilizadas na perfilagem. Usando máquinas de qualidade, maioritariamente europeias, a MOSO® assegura a melhor forma de transformar o material em produto final. Um bom exemplo é a forma como os sistemas click são processados no material. As melhores máquinas asseguram também o melhor acabamento das superfícies. Dependendo do produto, a MOSO® utiliza o High Density® como camada superior para os pavimentos e painéis, ou vigas e pavimentos maciços

Produtos em bamboo High Density®:

Pavimentos MOSO® Bamboo

Pavimento

MOSO® Bamboo Pavimento
Onze diferentes tipos de pavimentos estão disponíveis em múltiplas variações de dimensões, cor e estilo, podendo providenciar dezenas de diferentes opções em pavimentos de bamboo para cada mercado.

Bamboo X-treme® decking pavimento exterior de bamboo

Bamboo X-treme® | Deck para exterior

Outdoor

A alternativa sustentável às madeiras tropicais.

Painel Maciço de bamboo

Painel Maciço

Bamboo beam, panel & veneer

MOSO® Painel Maciço

vigas maciças em bamboo

Viga maciça (interior)

Bamboo beam, panel & veneer

MOSO® Viga Maciça (interior)

MOSO Bamboo Réguas em bamboo para estábulos

Réguas em bamboo para estábulos

Bamboo Unlimited

A alternative ecológica para estábulos

Especiais Horse stable planks

CO2 neutro

A MOSO® delegou na Universidade Tecnológica de Delft, para executar uma avaliação oficial do ciclo de vida…mais acerca do CO2 neutro do bamboo

 

Régua de pavimento em bamboo UltraDensity®

Bamboo UltraDensity® pavimento super resistente

Bamboo Unlimited

Pavimento em bamboo para zonas de grande tráfego e semi-exteriores

MOSO® Bamboo X-treme® | Perfis de fachada exterior

Bamboo X-treme® | Perfis de fachada exterior

Outdoor

MOSO® Bamboo X-treme® | Perfis de fachada exterior